Consumo diário de refrigerante diet aumenta risco de derrame e demência

refrigerante-diet

Pesquisa da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, descobriram que o hábito de ingerir bebidas adoçadas artificialmente, como refrigerante diet, pode aumentar consideravelmente o risco de acidente vascular cerebral e demência. De acordo com o estudo, publicada na revista científica americana Stroke, tomar pelo menos uma lata de refrigerante diet por dia está associado a uma possibilidade quase três vezes maior de sofrer um derrame ou desenvolver demência.

Os pesquisadores se surpreenderam, no entanto, que a versão “normal” dos refris, adoçada com açúcar, não parecem estar associada com o desenvolvimento dessas condições, uma vez que as bebidas açucaradas são conhecidas por não serem saudáveis.

refrigerante-diet2

Cerca de 4 mil pessoas participaram do estudo, organizadas em dois grupos por faixa etária: 2.888 adultos com mais de 45 anos (para analisar a incidência de derrame) e 1.484 com mais de 60 anos (para avaliar os casos demência). Os pesquisadores analisaram a quantidade de bebidas e refrigerantes diet e normal ingerida por cada participante entre 1991 e 2001. Em seguida, compararam com o número de vítimas de derrame ou demência num prazo de 10 anos . No período, foram observados 97 casos de acidente vascular cerebral e 81 de demência (63 compatíveis com Alzheimer).

Após ajustar os dados por idade, sexo, educação (para análise da demência), ingestão calórica, qualidade da dieta, atividade física e tabagismo, os cientistas relataram que quem consumia pelo menos uma lata de bebida diet diariamente eram 2,96 vezes mais propensos a sofrer um acidente vascular cerebral isquêmico e tinha 2,89 vezes mais tendência a desenvolver a doença de Alzheimer do que aqueles que bebiam menos de uma vez por semana.