Computador ‘lê’ pensamentos de pacientes com paralisia total

blog-ler-mentes

Imagine que sua mente funciona normalmente igual a hoje, mas seu cérebro não é mais capaz de mandar as informações aos seus músculos. É por isso que passam pessoas com esclerose lateral amiotrófica em estágio avançado. Capazes de pensar, eles não se movem ou falam, ou seja, estão presos em seus corpos.

A boa notícia é que um computador conseguiu “ler” os pensamentos de quatro pacientes em um estudo realizado na Suíça, devolvendo-lhes a capacidade de se comunicar com os médicos e seus familiares. O método utilizado foi um tanto complexo: a atividade das células cerebrais muda os níveis de oxigênio do corpo, alterando a cor do sangue. O computador conseguiu detectar a coloração sanguínea no interior do cérebro enquanto os cientistas faziam perguntas de respostas tipo “sim” e “não”.

A precisão do sistema chegou a 75%, o que significa que os pacientes precisaram ser questionados várias vezes a mesma coisa para se ter certeza de suas respostas. Mesmo assim, isso faz uma diferença enorme em sua qualidade de vida. “Imagine se você não tem nenhuma forma de se comunicar e passa a poder dizer ‘sim’ ou ‘não’. O impacto é enorme”, resumiu o pesquisador Ujwal Chaudhary, um dos cientistas que participou do estudo.