Células-tronco do sangue perto de serem produzidas em laboratório

celulas-tronco

De acordo com dois estudos publicados na revista Nature, a ciência está cada vez mais próxima de ser capaz de produzir, em laboratório, células-tronco do sangue (HSC, sigla em inglês), também chamadas de células-tronco hematopoiéticas.

Esta tecnologia é de grande importância para terapias celulares, na detecção de drogas e no desenvolvimento de pesquisas para o combate à leucemia. Neste caso, seria possível restaurar o sistema de sangue completo dos mamíferos a partir de um única célula-tronco hematopoiética. Os pesquisadores ressaltam o grande potencial de uso dessas células para a medicina.

celulas-tronco2

Ambos os estudos imitam a formação natural das células no organismo. Ainda no embrião, as primeiras HSCs se desenvolvem a partir de células endoteliais, que revestem as paredes dos vasos sanguíneos, com genes hematopoiéticos. O mecanismo responsável pela conversão, embora ainda precise ser mais estudado, é importante para o sucesso da geração de células-tronco do sangue em laboratório.

Os líderes das pesquisas publicadas na revista, George Daley, Ryohichi Sugimura e Shahin Rafii, estão confiantes quanto ao progresso que poderá ser feito graças às recentes descobertas. Segundo eles, os resultados dos estudos encurtaram um pouco mais a longa jornada para traduzir a promessa das pesquisas com células-tronco para benefício direto do paciente.